Ser ou não ser…

-Quem é você?
-Ninguém.
-Nossa, que honra poder te conhecer!
– Você me ouviu bem? Disse que não sou ninguém.
– Por isso mesmo. Você é uma dessas raras pessoas que tem o dom de se transformar em várias. VOCÊ É O HOMEM DE MIL E UMA FACES. Por exemplo, hoje você não é ninguém. Nossa como eu queria poder não ser ninguém de vez em quando.
– Parece que só você se importa com isso…
-Você que pensa. Eu sou só eu mesmo todos os dias, e MEU DEUS, como é chato.
– Mas o resto do mundo não me enxerga dessa forma. Para eles eu sou duas caras e coisas do tipo, dizem que eu não posso ser amigo de todo mundo, que é falsidade. Que ou eu mudo o meu jeito ou ficarei sozinho por ser assim.
– Hmm…
-Sabe… eu não tento agradar a todos, apenas os tratos com educação. Eu não tenho culpa se cada dia acordo para encarar o dia de uma forma, entende? É maravilhoso ter diversas personalidades, poder enxergar a vida por vários ângulos, é como… como se eu provasse várias tortas diferentes. (E deu um breve sorriso de canto). Mas… o que deu em mim? Estou contando a minha história para um desconhecido!
-Acredite, você fala como quem precisa ser ouvido (se levantou e estendeu a mão).
– Para onde vamos?
-Vou pagar-lhe um lanche. Quero ouvir um pouco mais sobre suas faces. As mil. Mas antes, me diga, quem é você?
-Sou muitas pessoas e com muito orgulho…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s